segunda-feira, 4 de julho de 2011

Sobre um sim e um não

Nada como terminar um dia assim,
Com um não e um sim.
A vida segue seu rumo,
E eu me aprumo.

Procuro encontrar no novo dia,
aquela estrela que me guia.
Acho que sigo contente,
Numa espera paciente.

No fim, valerá a pena olhar pra trás,
Importa muito, eu penso,
que aqui dentro haja paz.

Um comentário: